NOVA MÚSICA BRASILEIRA

Nova música brasileira, este é o título sobre o qual conversaremos neste post. De tempos em tempos a MPB se renova e revela novas cantoras que aparecem quase ao mesmo tempo e se tornam figuras importantes na música brasileira.

Grandes Nomes da Nova Música Brasileira

Nos anos 60 e 70 surgiram grandes cantora, como Elis Regina, Gal Costa, Maria Bethânia, Clara Nunes, Nana Caymmi, entre outras artistas que brilharam e escreveram a história da MPB.

Na reta final dos anos 70 surgiram novos nomes, como Marina Lima, Joanna, Zizi Possi, Angela Rô Rô, Elba Ramalho e Fátima Guedes, que ficaram conhecidas como As Cantoras de 79, quando elas começaram a aparecer na mídia e estouraram nas paradas de sucesso.

Na reta final dos anos 80 surgiu o fenômeno Marisa Monte e no rastro desse enorme sucesso vieram novos nomes, como Cássia Éller, Zélia Duncam, Adriana Calcanhoto e o furacão Daniela Mercury.

Na reta final dos anos 90 surgia outra grande cantora, Ana Carolina. Os anos 2000 foram marcados por uma nova geração, formada por Vanessa da Mata, Maria Rita, Teresa Cristina e depois com Maria Gadú, Roberta Sá, Céu e Ana Cañas, entre outras.

Anos 2000 – Surgimento de Novas Maneira de Ouvir Música

Os anos 2000 também trouxeram uma nova maneira de ouvir música. Os CDs foram trocados por arquivos de mp3 que por sua vez estão sendo trocados por streaming on line de música.

O streaming não “matou” o download, mas virou uma das principais maneiras de se consumir música no celular, tablet ou computador. Ao mesmo tempo, surgiu o hábito e a praticidade de ouvir música no Youtube, sempre apresentando sugestões de novas músicas.

A música começa a viralizar na internet e as pessoas passam a descobrir novidades e lançamentos.

Veio o Spotify e cada pessoa passa a montar a sua própria estação de rádio. Enquanto escrevo esse texto, resolvi fazer uma busca no Google para descobrir as músicas mais ouvidas no Youtube na categoria MPB.

O resultado mostra uma nova geração de artistas dominando as primeiras posições:

Ana Vilela – Trem Bala

Anavitória feat. Tiago Iorc – Trevo (Tu)

Tiago Iorc – Amei Te Ver

Roberta Campos – Minha Felicidade

Tiago Iorc aparece como intruso no meio das mulheres mas curiosamente ele é o produtor da dupla Anavitória, uma sensação da internet.

Novos Fenômenos na Nova Música Brasileira

Um pouco mais abaixo no chart aparece “Oração” de A Banda Mais Bonita da Cidade. A gravação original é de 2011, época de Orkut.

Essa banda de Indie Rock teve uma projeção incrível com o lançamento do clipe no Youtube e virou fenômeno, conquistando 5 milhões de visualizações em um mês.

No ano passado a música virou fenômeno mais uma vez, dessa vez nas pistas de dança de todo país. A versão remix do DJ Deeplick foi produzida na época do lançamento mas acabou não sendo divulgada.

Anos depois alguns DJs de festas de Indie Rock começaram a tocar e a música funcionou. Mas a explosão começou na festa Gambiarra, quando o remix virou hino da festa. Outros DJs começaram a tocar e a música explodiu em todas as pistas do país.

Atualmente, “Oração” é uma das músicas mais pedidas e tocadas em todas as festas de casamento. Um verdadeiro mega hit!

E quando uma música “diferente” faz muito sucesso, costuma surgir uma nova leva de músicas no mesmo estilo. E uma dessas músicas foi “Trem bala”, da cantora Ana Villela.

A música ganhou uma versão remix da dupla JetLag, formada pelos DJs Thiago Mansur e Paulo Velloso, e já virou hit em todas as festas de casamento. Recentemente ganhou um novo remix produzido pelo DJ Vintage Culture, um astro da música eletrônica.

A nova aposta das pistas é a música “Trevo (Tu)” da dupla Anavitória que ganhou um remix bootleg (não autorizado pela gravadora ou pelo artista) e tem potencial para virar o novo hit das pistas.

Conheça um Mix da Nova Música Brasileira

Eu reuni várias músicas maravilhosas dessa nova geração da nova música brasileira que já dominam os charts da internet. Em breve elas vão dominar a programação do rádio e também as pistas das festas de casamento. Que tal conhecer um pouco mais sobre esses artistas?

Nova Música Brasileira

ANA VILELA

  • Tudo começou na web.
  • Paranaense de 18 anos, ainda está surpresa com o enorme sucesso da música em tão pouco tempo, exatamente como um trem bala.
  • “A ficha ainda não caiu”, declarou a artista.
  • A música acabou chegando nas mãos de Gisele Bundchen que cantou e tocou para seus fãs no Instagram e depois mandou uma mensagem para a cantora: “Obrigada Ana Vilela, a letra é tão inspiradora que até me arrisquei a cantar”.
  • Depois, um vídeo em parceria com Luan Santana alcançou milhões de visualizações nas redes sociais.
  • A música já ganhou versões em inglês, francês, espanhol e japonês.
  • A versão remix da dupla JetLag levou a música para um novo patamar, conquistando os DJs e a programação das rádios pop/jovens.

ANAVITÓRIA

  • Dupla de Tocantins, fenômeno da internet, formada por Ana Clara Caetano e Vitória Falcão.
  • Tudo começou com uma campanha de crowdfunding que arrecadou mais de 60 mil reais para a gravação do primeiro álbum que foi lançado em 2016, com produção de Tiago Iorc.
  • Destaque para as músicas “Trevo (Tu)” e “Agora eu quero ir”, que foi incluída em Malhação: Pro Dia Nascer Feliz.

TIAGO IORC

  • Cantor, compositor e produtor musical.
  • Tiago começou sua carreira cantando em inglês e em 2008 lançou o álbum Let Yourself in, que atingiu a sétima posição no Japão.
  • Em 2011, lançou seu segundo álbum, Umbilical, que apesar do título em português também trazia faixas em inglês.
  • A mudança começou em 2013, quando lançou o álbum Zeski que trazia três faixas em português, sendo duas parcerias, uma com Maria Gadú e outra com participação do cantor Silva, que mais pra frente vocês vão conhecer.
  • Depois de emplacar várias músicas em trilhas de novela, incluindo sua versão para “Wonderful world” (originalmente gravada por Louis Armstrong e lançada em 1967), tema de abertura da novela Sete Vidas, lançou seu quarto álbum, Troco Likes, que trazia as músicas “Coisa linda” e “Amei te ver”.

ROBERTA CAMPOS

  • Cantora e compositora mineira nascida em Paraopeba, no dia 29 de dezembro de 1977.
  • Sua carreira começou com a banda Pop Troli, de Sete Lagoas (MG).
  • Eles gravaram um EP com cinco músicas, incluindo “De janeiro à janeiro”, que anos depois foi regravada em parceria com o cantor Nando Reis.
  • Em 2008 deu início a sua carreira solo, com o lançamento do disco Para Aquelas Perguntas Tortas. Como resultado desse trabalho, ganhou um contrato com a Deckdisc, aonde lançou Varrendo a Lua, em 2010.
  • Esse álbum emplacou três músicas em novelas: “Varrendo a lua”, em Malhação, “De janeiro à janeiro”, em Rebelde, da Record e três anos depois a mesma música foi incluída em Sangue Bom da Rede Globo.
  • Em 2016 emplacou a música “Minha felicidade” como tema de abertura da novela Sol Nascente. Em 2015 foi indicada ao Grammy Latino como Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

MALLU MAGALHÃES

  • Cantora, compositora e instrumentista.
  • Tudo começou na internet, quando ela lançou quatro músicas no MySpace (quem lembra?).
  • As músicas “Tchubaruba” e “J1”, cantadas em inglês, tiveram uma ótima repercussão.
  • Mallu fez um trabalho de marketing agressivo e a música “J1” virou tema de uma campanha nacional da operadora Vivo.
  • Mallu acabou sendo convidada para participar do primeiro álbum de Marcelo Camelo, da banda Los Hermanos.
  • Eles gravaram a música “Janta” e mais tarde acabaram se casando.
  • Seu álbum de estreia foi lançado em 2008 com produção de Mário Caldato (Beck, Bjork, Beastie Boys, etc) e confirmou seu estilo folk e rock.
  • Foi considerado o segundo melhor do ano no Brasil pela revista Rolling Stones.
  • No ano seguinte lançou o segundo álbum, também intitulado Mallu Magalhães, que acrescentava uma pitada de Reggae e Blues ao seu repertório.
  • Pitanga foi o nome do terceiro álbum, lançado em 2011, mostrando a artista cantando e tocando bateria, piano e guitarra.
  • Após seis anos sem gravar, em junho a artista lançou Vem, seu quarto álbum, com fortes influências da bossa nova e ritmos dos anos 60. Uma das faixas é “Você não presta”.

BANDA DO MAR

  • Banda de indie rock luso-brasileira formada por Marcelo Camelo (do Los Hermanos), Fred Ferreira (das bandas Orelha Negra, Buraka Som Sistema e 5-30) e Mallu Magalhães.
  • O projeto começou em 2014 com o lançamento do álbum homônimo e logo depois eles partiram numa turnê com mais de 50 shows em mais de 40 cidades no Brasil e Portugal.
  • O último show aconteceu em 09 de setembro de 2015, em Lisboa.
  • A música “Faz tempo” foi incluída na novela Sol Nascente e a música “Mais ninguém” foi incluída em Alto Astral.
  • Apesar do breve período de atividade, a banda ganhou o Prêmio Multishow da Música Brasileira em 2014 e foram indicados ao Grammy Latino como Melhor Canção Brasileira e Melhor Álbum de Rock Brasileiro.

A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE

  • Banda de indie rock e MPB formada em 2009 que se consagrou após o lançamento do clipe da música “Oração” no Youtube, em 2011.
  • Foram mais de 5 milhões de visualizações em apenas três semanas e uma indicação ao VMB 2011.
  • A idéia era registrar o trabalho de 16 amigos de várias regiões do Brasil e a gravação aconteceu em tempo real, com uma única tomada de câmera.
  • A banda acabou gravando o álbum na sequência, que foi disponibilizado para download gratuito no site da banda.

TIÊ

  • Cantora e compositora nascida em São Paulo, no dia 17 de março de 1980.
  • Tiê Gasparinetti Biral é neta da atriz Vida Alves, fez faculdade de Relações Públicas, estudou canto em Nova York e foi modelo da Ford Models.
  • Também foi dona de um Café, onde conheceu Dudu Tsuda, do Pato Fu e Toquinho, com que gravou sua primeira música.
  • Em 2007 ela gravou quatro músicas com Dudu Tsuda e depois passou meses compondo o restante do repertório.
  • No início de 2009 lançou seu primeiro álbum, Sweet Jardim, gravado ao vivo com a artista cantando e tocando piano e violão em dez faixas autorais.
  • Em 2011 ela lançou o segundo álbum, A Coruja e o Coração, considerado um dos 50 discos que formaram a identidade musical da música brasileira dos anos 2000 e trazendo participação de artistas como Jorge Drexler e Marcelo Jeneci.
  • O terceiro álbum foi lançado em 2014, intitulado Esmeraldas. Uma das faixas é a “A Noite”, que fez parte da trilha da novela “I Love Paraisópolis” da Rede Globo.

MARCELO JENECI

  • Cantor, compositor e instrumentista nascido em São Paulo, em 07 de abril de 1982.
  • Cresceu ouvindo músicas em estações de rádios populares e trilhas de novelas.
  • Além de apaixonado por música, seu pai consertava equipamentos musicais e foi assim que começou a tocar sanfona.
  • Acabou tocando na banda de Chico César e depois escreveu músicas como Vanessa da Mata e Arnaldo Antunes, entre outros. Zélia Duncan também gravou suas composições, além de convidá-lo para tocar piano, acordeon e guitarra.
  • Em 2010 lançou seu primeiro álbum, Feito Para Acabar, considerado pela mídia como um dos melhores discos do ano e trazendo músicas como “Felicidade” e “Pra sonhar”.
  • Em 2013 lançou o segundo trabalho, De Graça, indicado ao Grammy Latino.

IVE

  • Cantora brasiliense que surgiu para o grande público com a música “Até você passar” na novela Passione, de Silvio de Abreu.
  • Na época, o nome artístico era Greice Ive.
  • A música era tema de Fátima, uma adolescente vivida por Bianca Bin que caiu no gosto do público.
  • Logo em seguida, a música “Seu olhar” foi escolhida para a trilha de Malhação.
  • Tudo começou quando ela tinha 15 anos e já cantava profissionalmente e viajava pelo país para se apresentar com seu show.
  • O primeiro álbum foi lançado em 2002 pela Indie Records.
  • Envolvida com o trabalho de divulgação, Ive acabou se mudando para o Rio de Janeiro e passou a compor novos trabalhos em parceria com Ivan Lins e Jorge Vercilo.
  • O segundo álbum, Sem Moldura, acabou chegando nas mãos de Nelson Motta, que lançou as músicas em seu programa “Sintonia Fina” e se encantou com o trabalho da artista.
  • Parte do repertório é autoral e as outras músicas são releituras, como “O descobridor dos Sete Mares”, grande sucesso de Tim Maia.

SILVA

  • Cantor, compositor, produtor e multinstrumentista que nasceu em Vitória em julho de 1988 com o nome de Lúcio Silva de Souza, mais conhecido como Silva.
  • Em 2013 ele venceu o Prêmio Multishow na categoria “Nova Canção”.
  • Mas tudo começou um ano antes com o lançamento do álbum Claridão.
  • Após o lançamento do seu terceiro álbum de carreira, em setembro de 2015 Silva fez uma série de shows cantando exclusivamente músicas da Marisa Monte e acabou sendo convidado para participar do programa “Versões”, exibido no canal Bis. Marisa Monte assistiu, gostou e ligou para o artista.
  • Acabou surgindo uma amizade e uma parceria artística.
  • Eles escreveram várias composições juntos e em novembro de 2016 lançou o álbum Silva Canta Marisa, com releituras de músicas interpretadas por Marisa Monte e uma nova sonoridade.

Agora que você já conhece os artistas da Nova Música Brasileira, é hora de apertar o Play!

EPISODE 63 – NOVA MÚSICA BRASILEIRA

Nova Musica Brasileira

O download é gratuito e já está disponível para IOS e Android aqui no site. Também disponível no iTunes.

There areOne Commenton this post

  1. Isoldi
    5 meses ago

    Perfeito André.
    Moro no interior do RS e vou casar dia 02.09 depois de 30 anos de união.Imagine você as dificuldades que estou encontrando.Tanta modernidade!!!!!Música é uma delas.Tenho acompanhado tuas postagens e aproveitando muiiito. Encontrei um DJ “digamos,do nosso tempo”e lemos juntos teus posts .
    Imagino tuas festas com muita alma , alegria e muuuitaaa dança rolando.
    Parabéns André.
    Abração e sucesso.Sempre.
    Isoldi.

    Reply

Leave your thought