Bohemian Rhapsody, quem já assistiu?

Durante o mês de novembro eu fiz várias reuniões com noivas e clientes diversos. Sempre que perguntava “o que não pode faltar na sua festa” a resposta era a mesma: Queen! Não lembro de nada parecido, há muito tempo!

Você já viu o filme Bohemian Rhapsody?

Quem viu se encantou!

Bohemian Rhapsody - Andre Werneck

A história do Queen começa em 1970, na cidade de Londres. Foi quando Brian May (guitarra), Roger Taylor (bateria), John Deacon (baixo) e Freddie Mercury (vocal e piano), formaram uma das bandas de maior sucesso de todos os tempos!

Foram 20 anos juntos, até Freddie Mercury falecer em 24 de novembro de 1991, vítima de complicações da Aids.

Freedie Mercury - Andre Werneck

O filme conta a história da formação da banda britânica até a lendária apresentação no Live Aid, em julho de 1985.

O grupo encantou o mundo durante 20 minutos, detonando alguns de seus maiores sucessos, com uma sincronia especial entre o público e a banda, regidos por Freddie Mercury.

Essa sincronia já havia acontecido seis meses antes, no dia 11 de janeiro de 1985, quando o Queen se apresentou na primeira edição do Rock in Rio e tocou “Love Of My Life”.

Eu estava lá! Foi um momento tão marcante que ganhou destaque no filme.

Aliás, esse é um dos momentos que a licença poética falou mais alto do que os fatos.

Rock in Rio e Bohemian Rhapsody

Em Bohemian Rhapsody, o Rock in Rio acontece em 1976, nove anos antes.

Mas o filme é tão bom e a atuação do ator Rami Malek, que interpreta Freddie Mercury, é sensacional e ele já está sendo apontado como possível vencedor do Oscar de Melhor Ator.

Ingresso Rock In Rio - Andre Werneck

Quem gosta de música certamente se encantou com as histórias de bastidores, como a decisão de lançar a música “Bohemian Rhapsody” e como surgiram grandes sucessos do Queen, como “Love Of My Life”, “Another One Bites The Dust” e “We Will Rock You”.

O repertório deles é espetacular: “We Are The Champions”, “Somebody To Love”, “Don’t Stop Me Now”, “Crazy Little Thing Called Love”, “Radio Ga Ga”, entre outros.

O roteiro começa de verdade e termina com o Live Aid.

Live Aid

Eu lembro que na época, sem internet, era muito difícil acompanhar as notícias do evento.

O Live Aid foi um concerto de rock organizado pelo irlandês Bob Geldof (vocalista do grupo The Boomtown Rats) e o inglês Midge Ure (guitarrista da banda Ultravox). Aconteceu em 13 de julho de 1985 para arrecadar fundos para os famintos da Etiópia.

Os concertos foram realizados no Wembley Stadium (recebeu 82 mil pessoas), em Londres, como aparece no filme. Também no John F. Kennedy Stadium (que recebeu 99 mil pessoas), na Filadélfia.

Alguns artistas também se apresentaram na Austrália, Rússia e Japão. Foi uma das maiores transmissões da história da televisão, com cerca de 1,5 bilhão de pessoas em mais de 100 países.

Eu estava iniciando a minha história como DJ profissional. Madonna estava virando superstar com Like A Virgin, Michael Jackson estava no auge do sucesso depois de Thriller.

A música “We Are The World” emocionava o mundo.

U2 estourado e considerado pela Revista Rolling Stone como a banda da década de 1980, o rock nacional estava bombando. Foi um momento mais do que especial pra mim.

Até conseguir comprar o livro importado do Live Aid eu não sosseguei.

Livro Live Aid - Andre Werneck

Bohemian Rhapsody – o Filme

Alguns fatos reais foram trocados no filme para aumentar a importância da apresentação do Queen no Live Aid.

Oficialmente, Freddie Mercury contraiu o vírus do HIV em 1987, mas o filme mostra o cantor recebendo o diagnóstico antes do Live Aid.

A notícia foi compartilhada com os amigos e integrantes durante os ensaios pós briga para montar a apresentação do concerto.

Nada como um pouco de drama para emocionar, não é verdade? Outro fato importante é que a briga que determinou o fim do grupo não aconteceu porque Freddie Mercury assinou contrato para gravar dois álbuns solo.

Na verdade, o baterista Roger Taylor já havia gravado projetos independentes.

De fato, senti falta da música “I Was Born To Love You” no filme. Grande sucesso da carreira solo de Freddie Mercury e faixa do álbum Mr. Bad Guy em 1985, assim como “Under Pressure”, parceria do Queen com o cantor David Bowie.

O segundo projeto solo de Freddie Mercury foi um disco de ópera gravado com a cantora lírica espanhola Montserrat Caballé em 1988, chamado Barcelona.

A música homônima foi escolhida para ser o hino dos Jogos Olímpicos de 1992 na Espanha, mas o cantor morreu alguns meses antes do início dos jogos. Mesmo assim, a música foi apresentada na cerimônia de abertura.

Depois de tantos spoilers, se você ainda não viu o filme… não perca tempo! Você também vai se encantar com a obra do Queen!

(trailer do filme)

 

Há um ano eu me arrisquei na difícil tarefa de adivinhar e apontar as músicas que fariam sucesso em 2017.

Uma das apostas foi que a música pop teria uma levada mais lenta.

Acho que fui bem nessa parte e você pode conferir vários desses hits (Ed Sheeran, The Weeknd & Daft Punk e The Chainsmokers & Coldplay, entre outros) ouvindo o episódio 79 do meu Podcast: The Best of 2017.

Também apostei no sucesso do Reggaeton e o mega sucesso de “Despacito” transformou o espanhol na língua oficial do planeta em 2017.

Que tal conferir os episódios 47 e 80 do meu Podcast? Minha outra aposta foi na consagração do Brazilian Bass de Vintage Culture e Alok. Também foi uma aposta certeira, já que Alok virou um dos grandes destaques do ano.

Você pode conferir alguns dos maiores hits das pistas da atualidade nos episódios 52 e 82 do meu Podcast. Acho que passei com louvor na prova!

Mas e agora, quais serão os hits do verão 2018?

A minha grande aposta é que as produções brasileiras com vocal em português vão dominar cada vez mais nas pistas de dança.

Essa onda chegou em 2017, com o sucesso dos remixes de “Trem bala” e “Oração” e ganharam reforço de “Sede pra te ver” do KVSH com Breno Rocha feat. Breno Miranda e do remix do Vintage Culture para “Céu azul” do Charlie Brown Jr..

Na reta final do ano, o trio Make U Sweat se juntou à dupla JetLag e convidaram Tiago Abravanel para lançar um remake de “Não quero dinheiro”, clássico de Tim Maia.

O funk chegou chegando com “Cheguei” da Ludmilla e depois começou a se misturar com outros ritmos, puxado por Nego do Borel e seus ilustres convidados: Anitta, Wesley Safadão e Maiara & Maraisa.

O projeto Major Lazer do super produtor Diplo convidou Anitta e Pabllo Vittar para lançar o hit “Sua cara”. Aí, Pabllo Vittar foi convidado por Fergie para subir no palco do Rock in Rio e saiu consagrada!

Enquanto isso, Anitta começou a trilhar sua carreira internacional e virou o grande nome da música aqui no Brasil em 2017.

A outra grande aposta é no funk.

Mais uma vez, o funk volta com força total e dessa vez trazendo uma nova geração que despontou em São Paulo e faz muito sucesso no país.

Nomes como KevinhoLivinho e Kekel são os novos astros do segmento. Mas, apesar do funk carioca ter perdido bastante força, está havendo uma renovação com o sucesso dos MCs G15, Fioti e Jojo Todynho (com apenas um D para não ser processada), a funkeira plus size de Bangu que roubou a cena no clipe de Anitta, com “Que tiro foi esse”.

Por falar nisso, “Vai malandra” da Anitta tem tudo para ser um dos grandes hits do verão 2018!

Jojo Todynho e Anitta

Outra que promete dar o que falar é “Bum bum tam tam” do MC Fioti, que ganhou uma nova versão com as participações especiais de J Balvin (um dos astros do Reggaeton e dono do mega hit “Mi gente”) e Future, que teve quase 500 milhões de visualizações e virou o nono vídeo musical mais assistido no Brasil em 2017.

Outra que explodiu na reta final de 2017 e promete seguir muito forte no verão é “Fazer falta” do MC Livinho.

A música tem uma levada lenta e dispensou o tamborzão, mas quando o DJ toca “Na hora de me escutar, vai ver que isso não é drama…” a pista explode! Não há como resistir ao “durum dom dom dom dom dom dom dom dom”.

Enquanto isso, nas pistas eletrônicas, Alok está reinando e ficando cada vez mais pop.

Depois de lançar um polêmico remix de “Pelados em Santos” dos Mamonas Assassinos, ele acaba de lançar a música “Paga de solteiro feliz” em parceria com Simone e Simaria, que já haviam gravado “Loka” com Anitta.

Essa mistura de ritmos e estilos está fazendo cada vez mais sucesso e segue como uma forte tendência para 2018.

Lá fora, a cantora cubana Camila Cabello, ex integrante do grupo Fifth Harmony, já está fazendo muito sucesso com “Havana”, com uma levada muito sensual.

Mas o grande sucesso do momento nas redes sociais é o K-Pop, a música pop coreana e grupos como BTSSeventeen e Monsta X já conquistaram uma grande legião de fãs e estão puxando uma grande Onda Coreana.

O grupo BTS foi o primeiro do segmento a ser premiado no Billboard Music Awards e a música “MIC Drop”, com participação do DJ Steve Aoki e o rapper Desiigner entrou na 28ª posição do Hot 100 da Billboard, a parada musical mais importante do mundo da música.

Para terminar, eu vou pegar emprestada uma frase do Marcelo Castello Branco, amigo querido e ex presidente de várias gravadoras: “O mercado da música novamente excitado e excitante”.

Reunião com o DJ

Dessa vez você terá todas as dicas para uma maravilhosa reunião com o DJ, dadas por um DJ de festa de casamento!

Mas como avaliar os profissionais de um evento?

  • Avaliar o trabalho de um profissional de decoração nem sempre é uma tarefa das mais fáceis, porque o resultado do trabalho está ligado ao gosto e orçamento do cliente. Mesmo assim você pode pesquisar referências de estilo, cores, móveis, etc.
  • A contratação do fotógrafo e filmagem é mais fácil e você pode pesquisar bastante nos sites, blogs e redes sociais. Mas, uma reunião para conversar pessoalmente e ver alguns álbuns prontos é fundamental.
  • Para fechar o bufê, doces e bolo, vocês podem marcar uma degustação. Além de tudo, será uma tarefa deliciosa!
  • Para definir a contratação do make up (cabelo e maquiagem), você pode marcar um teste.
  • Mas a contratação do DJ é única, uma vez que o trabalho do DJ é único e intangível.

Por isso eu costumo dizer que cada festa é uma história e tem uma trilha diferente. Muitas músicas que funcionaram muito bem numa determinada festa podem perfeitamente não funcionar em outra.

Então, você precisa pesquisar muito e buscar outras noivas e profissionais que já tiveram alguma experiência com o profissional escolhido.

Além disso, marque uma reunião para conversar pessoalmente. Essa é a primeira dica: olho no olho.

Eu vou te dar 10 dicas importantes e infalíveis para você ficar mais segura ao final da reunião. Tenho certeza absoluta que sua decisão será mais fácil.

01)  História

Tite, o técnico da seleção brasileira de futebol, declarou numa entrevista a ESPN que uma pessoa, em qualquer ramo profissional, precisa de 10 anos para atingir o seu nível de excelência.

“A experiência vem com teoria e prática. Preparação constante e prática, que traz experiência”.

Eu concordo plenamente! Hoje em dia tem muito DJ de casamento novo e bom, mas experiência é primordial para comandar uma noite única como uma festa de casamento.

Tem certas decisões que só um DJ experiente pode e deve tomar para atingir o sucesso do evento.

Então, peçam ao DJ para contar um pouco da sua história, do seu histórico em eventos, experiências complicadas que ele já enfrentou, decisões importantes que ele precisou tomar durante um evento, etc.

Isso vai servir para vocês se conheceram melhor e deixar a reunião mais leve.

02)  Quem vai no dia?

Dj Andre Werneck

Por incrível que possa parecer, muitos “profissionais” mandam um DJ da equipe no dia para fazer a festa.

Muitas vezes nem avisam. É a velha história do barato que sai caro.

Essa pergunta é fundamental para te deixar cem por cento segura e tranquila.

03)  Contrato

Em seguida, perguntem sobre contrato.

Tudo que for acertado precisa estar no contrato, principalmente data, local e horário do seu casamento.

04)  Equipamento

Ao contrário do que considero fundamental para a excelência do meu trabalho, muitos DJs não tem equipamento próprio.

Ter um equipamento de ponta exige um alto investimento e manutenção constante.

Pergunte sobre a qualidade do equipamento, peça especificações e tenha tudo documentado por e-mail e no contrato.

Se o equipamento apresentar algum defeito durante a festa, o que acontece?

Algumas casas de festa obrigam o DJ a usar o equipamento do local.

Sugiro que você dê uma lida no contrato antes da reunião.

Eu considero essa obrigação arbitrária e sem fundamento e adoraria que também fosse válida para fotógrafos e empresas de cerimonial.

Será que o fotógrafo aceitaria trabalhar com câmeras e lentes da casa de festas?

Será que o cerimonial aceitaria trabalhar com uma equipe de recepcionistas da casa?

Além de ter equipamento próprio e de ponta, eu ainda investi num grande diferencial que é minha tela de touch screen, um aparelho sensacional, que faz toda diferença na festa!

Reunião com o DJ

05)  Luz de Pista

Essa costuma ser uma das perguntas mais frequentes.

Alguns DJs trabalham com pacote de som e luz e outros só trabalham com som. Esse é o meu caso.

Qualquer profissional de decoração tem parceria com alguma empresa de luz, seja por qualidade, preço ou afinidade.

Como a pista de dança ganhou grande destaque na festa e faz parte do projeto de decoração, eu prefiro não me envolver com a luz da pista de dança.

Dessa forma, o evento terá apenas uma empresa trabalhando com luz.

O que eu costumo oferecer é um profissional especializado, que conhece todas as músicas e sabe operar uma mesa de luz para criar climas na pista durante a festa.

Isso faz toda diferença.

06)  Visita Técnica

Muitas vezes é necessário marcar uma visita técnica para alinhar o projeto de decoração com a estrutura de gerador, local da pista, posição do DJ, das caixas de som, etc.

Caso o DJ nunca tenha trabalhado no local, é fundamental agendar uma visita técnica para ver todos os detalhes com antecedência.

Reuniao com DJ Andre Werneck

Visita Técnica no Parque Lage – RJ

07)  Proposta

É muito importante saber como funciona a proposta do seu DJ.

  • O que está incluído?
  • Tem hora extra?
  • Quando a festa acontece em outra cidade, a proposta inclui hospedagem, alimentação da equipe, equipamento de som, etc?
  • Quando a festa acontece em outro estado, a proposta inclui aéreas, traslado, hospedagem, equipamento de som e luz, etc?

O contrato precisa ter tudo muito bem claro e definido.

08)  Posso te ver tocando?

Essa também é uma pergunta muito comum.

Muitas noivas recebem indicações de amigas ou profissionais quando me procuram, mas nunca tiveram oportunidade de me ver tocando.

Infelizmente, a resposta é sempre não.

Mas um “não” muito educado porque seria extremamente indelicado convidar um novo cliente.

Você já deve saber como é difícil fazer uma lista de convidados e deixar de convidar amigos queridos, pessoas do trabalho e até família.

Ainda tem a questão financeira que envolve a realização de um evento.

Mas, cada DJ trabalha de uma maneira e a pergunta é válida.

09)  Playlist

Como funciona a escolha das músicas?

Os convidados podem pedir alguma música?

Essas perguntas são importantes para você confirmar se esse é o profissional certo para a sua festa.

Um bom DJ para uma festa pode não ser a melhor escolha para outra.

Como funcionam os pedidos dos convidados durante a festa?

10)  Vamos Fechar?

Gostou da reunião?

Está certa de que esse é o DJ certo para a sua festa?

Então acerte logo o contrato e parte financeira e garanta a data.

Os profissionais “do dia”, como são chamados os profissionais que só podem fazer um evento por data, costumam ter mais de uma consulta para a mesma data e exatamente por isso não costumam fazer reserva.

O contrato é muito importante para dar segurança para quem contrata e para quem é contratado.

Mas, se vocês não ficaram seguros com o profissional, é sempre bacana mandar uma mensagem agradecendo a reunião para que ele possa atender outro cliente na data.

Depois dessas 10 dicas para uma reunião com o DJ, eu acho que você estará mais segura para tomar uma das decisões mais importantes para o sucesso da sua festa.

Como costuma dizer um grande amigo e grande DJ de Curitiba, o DJ é a ponta do castelo de cartas e se ele não manda bem no dia, tudo desmorona.

Se o DJ arrebenta, tudo sai perfeito!

Nova música brasileira, este é o título sobre o qual conversaremos neste post. De tempos em tempos a MPB se renova e revela novas cantoras que aparecem quase ao mesmo tempo e se tornam figuras importantes na música brasileira.

Grandes Nomes da Nova Música Brasileira

Nos anos 60 e 70 surgiram grandes cantora, como Elis Regina, Gal Costa, Maria Bethânia, Clara Nunes, Nana Caymmi, entre outras artistas que brilharam e escreveram a história da MPB.

Na reta final dos anos 70 surgiram novos nomes, como Marina Lima, Joanna, Zizi Possi, Angela Rô Rô, Elba Ramalho e Fátima Guedes, que ficaram conhecidas como As Cantoras de 79, quando elas começaram a aparecer na mídia e estouraram nas paradas de sucesso.

Na reta final dos anos 80 surgiu o fenômeno Marisa Monte e no rastro desse enorme sucesso vieram novos nomes, como Cássia Éller, Zélia Duncam, Adriana Calcanhoto e o furacão Daniela Mercury.

Na reta final dos anos 90 surgia outra grande cantora, Ana Carolina. Os anos 2000 foram marcados por uma nova geração, formada por Vanessa da Mata, Maria Rita, Teresa Cristina e depois com Maria Gadú, Roberta Sá, Céu e Ana Cañas, entre outras.

Anos 2000 – Surgimento de Novas Maneira de Ouvir Música

Os anos 2000 também trouxeram uma nova maneira de ouvir música. Os CDs foram trocados por arquivos de mp3 que por sua vez estão sendo trocados por streaming on line de música.

O streaming não “matou” o download, mas virou uma das principais maneiras de se consumir música no celular, tablet ou computador. Ao mesmo tempo, surgiu o hábito e a praticidade de ouvir música no Youtube, sempre apresentando sugestões de novas músicas.

A música começa a viralizar na internet e as pessoas passam a descobrir novidades e lançamentos.

Veio o Spotify e cada pessoa passa a montar a sua própria estação de rádio. Enquanto escrevo esse texto, resolvi fazer uma busca no Google para descobrir as músicas mais ouvidas no Youtube na categoria MPB.

O resultado mostra uma nova geração de artistas dominando as primeiras posições:

Ana Vilela – Trem Bala

https://www.youtube.com/watch?v=wATajk7X5j0

Anavitória feat. Tiago Iorc – Trevo (Tu)

Tiago Iorc – Amei Te Ver

Roberta Campos – Minha Felicidade

Tiago Iorc aparece como intruso no meio das mulheres mas curiosamente ele é o produtor da dupla Anavitória, uma sensação da internet.

Novos Fenômenos na Nova Música Brasileira

Um pouco mais abaixo no chart aparece “Oração” de A Banda Mais Bonita da Cidade. A gravação original é de 2011, época de Orkut.

Essa banda de Indie Rock teve uma projeção incrível com o lançamento do clipe no Youtube e virou fenômeno, conquistando 5 milhões de visualizações em um mês.

No ano passado a música virou fenômeno mais uma vez, dessa vez nas pistas de dança de todo país. A versão remix do DJ Deeplick foi produzida na época do lançamento mas acabou não sendo divulgada.

Anos depois alguns DJs de festas de Indie Rock começaram a tocar e a música funcionou. Mas a explosão começou na festa Gambiarra, quando o remix virou hino da festa. Outros DJs começaram a tocar e a música explodiu em todas as pistas do país.

Atualmente, “Oração” é uma das músicas mais pedidas e tocadas em todas as festas de casamento. Um verdadeiro mega hit!

E quando uma música “diferente” faz muito sucesso, costuma surgir uma nova leva de músicas no mesmo estilo. E uma dessas músicas foi “Trem bala”, da cantora Ana Villela.

A música ganhou uma versão remix da dupla JetLag, formada pelos DJs Thiago Mansur e Paulo Velloso, e já virou hit em todas as festas de casamento. Recentemente ganhou um novo remix produzido pelo DJ Vintage Culture, um astro da música eletrônica.

A nova aposta das pistas é a música “Trevo (Tu)” da dupla Anavitória que ganhou um remix bootleg (não autorizado pela gravadora ou pelo artista) e tem potencial para virar o novo hit das pistas.

Conheça um Mix da Nova Música Brasileira

Eu reuni várias músicas maravilhosas dessa nova geração da nova música brasileira que já dominam os charts da internet. Em breve elas vão dominar a programação do rádio e também as pistas das festas de casamento. Que tal conhecer um pouco mais sobre esses artistas?

Nova Música Brasileira

ANA VILELA

  • Tudo começou na web.
  • Paranaense de 18 anos, ainda está surpresa com o enorme sucesso da música em tão pouco tempo, exatamente como um trem bala.
  • “A ficha ainda não caiu”, declarou a artista.
  • A música acabou chegando nas mãos de Gisele Bundchen que cantou e tocou para seus fãs no Instagram e depois mandou uma mensagem para a cantora: “Obrigada Ana Vilela, a letra é tão inspiradora que até me arrisquei a cantar”.
  • Depois, um vídeo em parceria com Luan Santana alcançou milhões de visualizações nas redes sociais.
  • A música já ganhou versões em inglês, francês, espanhol e japonês.
  • A versão remix da dupla JetLag levou a música para um novo patamar, conquistando os DJs e a programação das rádios pop/jovens.

ANAVITÓRIA

  • Dupla de Tocantins, fenômeno da internet, formada por Ana Clara Caetano e Vitória Falcão.
  • Tudo começou com uma campanha de crowdfunding que arrecadou mais de 60 mil reais para a gravação do primeiro álbum que foi lançado em 2016, com produção de Tiago Iorc.
  • Destaque para as músicas “Trevo (Tu)” e “Agora eu quero ir”, que foi incluída em Malhação: Pro Dia Nascer Feliz.

TIAGO IORC

  • Cantor, compositor e produtor musical.
  • Tiago começou sua carreira cantando em inglês e em 2008 lançou o álbum Let Yourself in, que atingiu a sétima posição no Japão.
  • Em 2011, lançou seu segundo álbum, Umbilical, que apesar do título em português também trazia faixas em inglês.
  • A mudança começou em 2013, quando lançou o álbum Zeski que trazia três faixas em português, sendo duas parcerias, uma com Maria Gadú e outra com participação do cantor Silva, que mais pra frente vocês vão conhecer.
  • Depois de emplacar várias músicas em trilhas de novela, incluindo sua versão para “Wonderful world” (originalmente gravada por Louis Armstrong e lançada em 1967), tema de abertura da novela Sete Vidas, lançou seu quarto álbum, Troco Likes, que trazia as músicas “Coisa linda” e “Amei te ver”.

ROBERTA CAMPOS

  • Cantora e compositora mineira nascida em Paraopeba, no dia 29 de dezembro de 1977.
  • Sua carreira começou com a banda Pop Troli, de Sete Lagoas (MG).
  • Eles gravaram um EP com cinco músicas, incluindo “De janeiro à janeiro”, que anos depois foi regravada em parceria com o cantor Nando Reis.
  • Em 2008 deu início a sua carreira solo, com o lançamento do disco Para Aquelas Perguntas Tortas. Como resultado desse trabalho, ganhou um contrato com a Deckdisc, aonde lançou Varrendo a Lua, em 2010.
  • Esse álbum emplacou três músicas em novelas: “Varrendo a lua”, em Malhação, “De janeiro à janeiro”, em Rebelde, da Record e três anos depois a mesma música foi incluída em Sangue Bom da Rede Globo.
  • Em 2016 emplacou a música “Minha felicidade” como tema de abertura da novela Sol Nascente. Em 2015 foi indicada ao Grammy Latino como Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

MALLU MAGALHÃES

  • Cantora, compositora e instrumentista.
  • Tudo começou na internet, quando ela lançou quatro músicas no MySpace (quem lembra?).
  • As músicas “Tchubaruba” e “J1”, cantadas em inglês, tiveram uma ótima repercussão.
  • Mallu fez um trabalho de marketing agressivo e a música “J1” virou tema de uma campanha nacional da operadora Vivo.
  • Mallu acabou sendo convidada para participar do primeiro álbum de Marcelo Camelo, da banda Los Hermanos.
  • Eles gravaram a música “Janta” e mais tarde acabaram se casando.
  • Seu álbum de estreia foi lançado em 2008 com produção de Mário Caldato (Beck, Bjork, Beastie Boys, etc) e confirmou seu estilo folk e rock.
  • Foi considerado o segundo melhor do ano no Brasil pela revista Rolling Stones.
  • No ano seguinte lançou o segundo álbum, também intitulado Mallu Magalhães, que acrescentava uma pitada de Reggae e Blues ao seu repertório.
  • Pitanga foi o nome do terceiro álbum, lançado em 2011, mostrando a artista cantando e tocando bateria, piano e guitarra.
  • Após seis anos sem gravar, em junho a artista lançou Vem, seu quarto álbum, com fortes influências da bossa nova e ritmos dos anos 60. Uma das faixas é “Você não presta”.

BANDA DO MAR

  • Banda de indie rock luso-brasileira formada por Marcelo Camelo (do Los Hermanos), Fred Ferreira (das bandas Orelha Negra, Buraka Som Sistema e 5-30) e Mallu Magalhães.
  • O projeto começou em 2014 com o lançamento do álbum homônimo e logo depois eles partiram numa turnê com mais de 50 shows em mais de 40 cidades no Brasil e Portugal.
  • O último show aconteceu em 09 de setembro de 2015, em Lisboa.
  • A música “Faz tempo” foi incluída na novela Sol Nascente e a música “Mais ninguém” foi incluída em Alto Astral.
  • Apesar do breve período de atividade, a banda ganhou o Prêmio Multishow da Música Brasileira em 2014 e foram indicados ao Grammy Latino como Melhor Canção Brasileira e Melhor Álbum de Rock Brasileiro.

A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE

  • Banda de indie rock e MPB formada em 2009 que se consagrou após o lançamento do clipe da música “Oração” no Youtube, em 2011.
  • Foram mais de 5 milhões de visualizações em apenas três semanas e uma indicação ao VMB 2011.
  • A idéia era registrar o trabalho de 16 amigos de várias regiões do Brasil e a gravação aconteceu em tempo real, com uma única tomada de câmera.
  • A banda acabou gravando o álbum na sequência, que foi disponibilizado para download gratuito no site da banda.

TIÊ

  • Cantora e compositora nascida em São Paulo, no dia 17 de março de 1980.
  • Tiê Gasparinetti Biral é neta da atriz Vida Alves, fez faculdade de Relações Públicas, estudou canto em Nova York e foi modelo da Ford Models.
  • Também foi dona de um Café, onde conheceu Dudu Tsuda, do Pato Fu e Toquinho, com que gravou sua primeira música.
  • Em 2007 ela gravou quatro músicas com Dudu Tsuda e depois passou meses compondo o restante do repertório.
  • No início de 2009 lançou seu primeiro álbum, Sweet Jardim, gravado ao vivo com a artista cantando e tocando piano e violão em dez faixas autorais.
  • Em 2011 ela lançou o segundo álbum, A Coruja e o Coração, considerado um dos 50 discos que formaram a identidade musical da música brasileira dos anos 2000 e trazendo participação de artistas como Jorge Drexler e Marcelo Jeneci.
  • O terceiro álbum foi lançado em 2014, intitulado Esmeraldas. Uma das faixas é a “A Noite”, que fez parte da trilha da novela “I Love Paraisópolis” da Rede Globo.

MARCELO JENECI

  • Cantor, compositor e instrumentista nascido em São Paulo, em 07 de abril de 1982.
  • Cresceu ouvindo músicas em estações de rádios populares e trilhas de novelas.
  • Além de apaixonado por música, seu pai consertava equipamentos musicais e foi assim que começou a tocar sanfona.
  • Acabou tocando na banda de Chico César e depois escreveu músicas como Vanessa da Mata e Arnaldo Antunes, entre outros. Zélia Duncan também gravou suas composições, além de convidá-lo para tocar piano, acordeon e guitarra.
  • Em 2010 lançou seu primeiro álbum, Feito Para Acabar, considerado pela mídia como um dos melhores discos do ano e trazendo músicas como “Felicidade” e “Pra sonhar”.
  • Em 2013 lançou o segundo trabalho, De Graça, indicado ao Grammy Latino.

IVE

  • Cantora brasiliense que surgiu para o grande público com a música “Até você passar” na novela Passione, de Silvio de Abreu.
  • Na época, o nome artístico era Greice Ive.
  • A música era tema de Fátima, uma adolescente vivida por Bianca Bin que caiu no gosto do público.
  • Logo em seguida, a música “Seu olhar” foi escolhida para a trilha de Malhação.
  • Tudo começou quando ela tinha 15 anos e já cantava profissionalmente e viajava pelo país para se apresentar com seu show.
  • O primeiro álbum foi lançado em 2002 pela Indie Records.
  • Envolvida com o trabalho de divulgação, Ive acabou se mudando para o Rio de Janeiro e passou a compor novos trabalhos em parceria com Ivan Lins e Jorge Vercilo.
  • O segundo álbum, Sem Moldura, acabou chegando nas mãos de Nelson Motta, que lançou as músicas em seu programa “Sintonia Fina” e se encantou com o trabalho da artista.
  • Parte do repertório é autoral e as outras músicas são releituras, como “O descobridor dos Sete Mares”, grande sucesso de Tim Maia.

SILVA

  • Cantor, compositor, produtor e multinstrumentista que nasceu em Vitória em julho de 1988 com o nome de Lúcio Silva de Souza, mais conhecido como Silva.
  • Em 2013 ele venceu o Prêmio Multishow na categoria “Nova Canção”.
  • Mas tudo começou um ano antes com o lançamento do álbum Claridão.
  • Após o lançamento do seu terceiro álbum de carreira, em setembro de 2015 Silva fez uma série de shows cantando exclusivamente músicas da Marisa Monte e acabou sendo convidado para participar do programa “Versões”, exibido no canal Bis. Marisa Monte assistiu, gostou e ligou para o artista.
  • Acabou surgindo uma amizade e uma parceria artística.
  • Eles escreveram várias composições juntos e em novembro de 2016 lançou o álbum Silva Canta Marisa, com releituras de músicas interpretadas por Marisa Monte e uma nova sonoridade.

Agora que você já conhece os artistas da Nova Música Brasileira, é hora de apertar o Play!

EPISODE 63 – NOVA MÚSICA BRASILEIRA

Nova Musica Brasileira

O download é gratuito e já está disponível para IOS e Android aqui no site. Também disponível no iTunes.

Casamento dos sonhos, é só assim que podemos definir o que foi este evento e, como diz o ditado: A primeira vez a gente nunca esquece!

E foi exatamente o que aconteceu com Marina e Herick, os noivos do primeiro casamento realizado na Ópera de Arame, o famoso cartão postal de Curitiba.

O Casamento dos Sonhos

Uma festa dos sonhos para um casal que sonhava em fugir do tradicional. E para realizar esse sonho, o casal contratou a produtora Ilse Lambach, que também assinou a decoração.

Foi ela que teve a brilhante idéia de inovar e produzir a primeira festa de casamento na Ópera de Arame, um lindo teatro inaugurado em 1992, localizado no Parque das Pedreiras, em Curitiba, entre lagos, cascatas e uma paisagem única.

Resumindo, é um lugar espetacular!

casamento dos sonhos Opera de Arame

Foto Marco Zammarchi

Andre Werneck na Opera de Arame

Os Preparativos da Festa dos Sonhos

Os preparativos duraram um pouco mais de um ano e o projeto de decoração merece um destaque todo especial.

O espaço foi divido em dois, criando dois ambientes distintos para cerimônia e festa. Muitas flores brancas, espelhos e lustres e castiçais de cristal criaram um ambiente especial para o altar, que foi montado no palco da Ópera de Arame.

casamento do sonhos Altar

Foto Marco Zammarchi

Quando os convidados chegaram, todos de Black Tie, se dirigiam para os camarotes localizados no segundo andar, que recebeu um serviço todo especial.

Casamento dos Sonhos Buffet Camarote

camarotes

A Del Chiaro Coral e Orquestra preparou uma trilha especial, fazendo um mix de “When you wish upon a star”, tema de Pinóquio que virou marca registrada da Disney e “All I ask of you” do musical Fantasma da Ópera, que não podia faltar!

A Surpresa

Uma grande surpresa estava reservada para os noivos! Uma mezzo soprano foi suspensa em cabos de aço até o domo do teatro e ali ficou escondida por mais de uma hora até o final da cerimônia.

Ninguém esperava, quando as luzes se apagaram e apenas um foco iluminou sua descida, cantando “Nella fantasia” e, já embaixo, cantou “Over the raimbow”, uma música especial para o casal que começou a namorar no Havaí. Marina e Herick se emocionaram com a surpresa e fizeram uma dança muito especial no altar.

Tudo registrado pelas lentes do super fotógrafo italiano Marco Zammarchi e filmagem da Lovebirds Films e, com muita honra, eu DJ Andre Werneck fui o escolhido para ser o DJ do primeiro casamento da Ópera de Arame.

Casamento dos Sonhos Soprano na festa

Enquanto acontecia a cerimônia, a equipe da Ilse Lambach dava os últimos retoques na parte secreta da festa, a recepção!

Ilse montou um ambiente espetacular atrás do altar, escondido por cortinas pretas e paredes falsas com muitas velas. As mesas (lindíssimas!) foram montadas em volta do ambiente, deixando tudo muito clean.

Na parede atrás do palco e do altar, foi montada uma enorme mesa de doces, que também recebeu o lindo bolo, que recebeu uma fita de cetim. Todos os doces foram personalizados por Solange Malucelli Doces Finos. Um verdadeiro espetáculo!

parede com velas

Fundo do Palco

foto Marco Zammarchi

mesas de convidados

mesa de doces

 

Um Sonho de Casamento

Eu fiquei posicionado atrás e no alto de um enorme bar de drinks gelados, com muitos drinks de Gin Tanqueray e energético, o Ice Bar! Do outro lado, um bar especial e com muito champanhe, o Bubble Bar! Bem no centro, a pista de dança!

posição do DJ na festa

Bubble Bar

Ice Bar

A festa começou com a introdução de “Music of the night” do musical Fantasma da Ópera, seguida da versão remix de “Oração” da Banda Mais Bonita da Cidade. Foi um início de festa no maior alto astral, que começou com uma brinde coletivo de noivos, pais e padrinhos.

DJ Andre Werneck tocando

vista superior

visão do DJ

brinde dos convidados

Foi uma festa espetacular, um casamento dos sonhos, com pista bombando até o amanhecer.

Muito Deep House, muita música atual e, como não poderia deixar de ser, os clássicos do funk carioca que todos adoram. Uma festa especial e inesquecível!!!

Superstar DJs

“Hey girls, hey boys, Superstar DJs here we go!”. Assim começa a música “Hey boy hey girl” da dupla de música eletrônica Chemical Brothers, um grande sucesso de 1999 quando a dance music agonizava depois do “boom” da Euro Dance, como escrevi no Som dos Anos 80 e 90.

Mas os anos 2000 começaram com Kylie Minogue fazendo muito sucesso com a música “Can’t get you out of my head” e o Daft Punk colocou “One more time” no topo das paradas de sucesso do mundo todo.

A dance music respirava e dava sinais de que ainda poderia sobreviver. No mesmo ano, Tiesto lançou seu primeiro álbum solo e foi eleito o número 1 do mundo (permanecendo no topo por mais três anos consecutivos).

Em 2002, Fatboy Slim reuniu 250 mil pessoas na praia de Brighton, na Inglaterra e gravou um CD que depois virou o DVD Big Beach Boutique II.

Depois foi a vez de Tiesto se apresentar ao vivo para uma multidão na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Atenas.

Os novos Superstars da música

Os DJs passaram a produzir suas próprias músicas e reuniam cada vez mais fãs em suas apresentações.

Surgiam os novos superstars e ídolos da música pop! Confirmando essa tendência, em 2005 surgiu um novo nome no topo das paradas de sucesso da Europa.

Era o DJ francês David Guetta, que estourou “The world is mine”. Não demorou e outro francês colocou todo mundo para dançar com um dos maiores sucessos da década, era Bob Sinclar com “Love generation”.

Com uma levada de violão contagiante, assobios e um refrão “chiclete”, a música foi escolhida pela FIFA para ser tema oficial da Copa do Mundo de 2006.

David Guetta #1

Em 2007, David Guetta foi eleito o 5º entre os DJS mais populares e virou o mais bem pago do mundo, indicando que era questão de tempo para virar o número 1 do mundo.

Andre-Werneck-Superstar-DJs-David-Guetta

O sucesso chegou de verdade em 2009, depois de produzir o mega hit “I gotta feeling” para o grupo Black Eyed Peas e do lançamento de seu novo álbum, recheado de sucessos como “When love takes over, com a participação de Kelly Rowland do grupo Destiny’s Child e “Sexy bitch”, com Akon.

O álbum foi indicado ao Grammy Awards em duas categorias e “When love takes over” levou um troféu.

David Guetta acabou se consagrando como o DJ mais popular do mundo e vendeu 3 milhões de álbuns e 15 milhões de singles.

Swedish House Mafia

Ainda em 2009, um grupo formado por três DJs começava a escrever seu nome na história da dance music: Axwell, Steve Angello e Sebastian Ingrosso.

Na verdade, esse trio era um quarteto porque Eric Prydz foi anunciado como o quarto nome do Swedish House Mafia mas  tinha medo de voar de avião e acabou não decolando com o projeto.

Em menos de um ano eles já haviam emplacado dois grandes hits: “One”, com vocal de Pharrell Williams e “Miami 2 Ibiza”.

Em 2010, o grande nome da cena eletrônica era Armin Van Buuren, especialista em Trance e 4 vezes eleito o melhor DJ do mundo (2007, 2008, 2009 e 2010).

Em 2011 David Guetta assumiu a primeira posição mas no ano seguinte Armin Van Buuren deu o troco e reassumiu a liderança pela quinta vez em 6 anos.

2011, um ano emblemático

Os hits das pistas bombavam cada vez mais na programação das rádios e 2011 acabou sendo um dos anos mais importantes para a história da dance music.

David Guetta lançou seu quinto álbum, reunindo grandes astros e estrelas da música e uma cantora desconhecida chamada Sia Furler.

A quinta música de trabalho foi “Titanium”, com vocal de Sia, lançada em 09 de dezembro de 2011, que virou um dos maiores sucessos da carreira de David Guetta.

Rapidamente o álbum foi relançado com seis novas faixas, incluindo “She Wolf”, mais uma vez com vocal da australiana Sia.

Outro mega sucesso do ano nas pistas foi “Save the world”, do Swedish House Mafia.

Ainda em 2011, Rihanna partiu em turnê e convidou um DJ abrir seus shows e esquentar o público. Começava assim história de Calvin Harris. Ele escreveu e produziu a música “We found love” que conquistou 4 Discos de Platina nos Estados Unidos. 2012 foi o ano do Swedish House Mafia!

No início do ano eles lançaram o mega sucesso “Don’t you worry chid” e meses depois surgiram rumores de que o trio estaria acabando.

A confirmação aconteceu no dia 24 de março de 2013, no Ultra Music Festival, em Miami.

Surgia Avicii

Enquanto um artista sumia, outra estrela surgia.

 

Andre-Werneck-Superstar-DJs-AviciiO DJ sueco Avicii já fazia muito sucesso nas pistas até que a música “Sunshine”, produzida em parceria com David Guetta, foi indicada ao Grammy.

Ele já ocupava a terceira posição no Top 100 da DJ Mag, quando foi indicado mais uma vez para o Grammy pelo enorme sucesso que a música “Levels” fazia nas pistas.

A essa altura, Avicii já era apontado como o próximo número 1 entre os maiores DJs do planeta.

Depois ele a produziu a música “I could be the one” com Nicky Romero e começou a lançar um hit atrás do outro: “Wake me up”, Hey brother”, “Addicted to you”, “Waiting for love”, “For a better day”, etc.

 

2013, o ano de Calvin Harris

Mas 2013 acabou sendo um ano mais do que especial para Calvin Harris.

Depois de explodir vários mega hits do álbum 18 Months, como “Feel so close”, “We’ll be coming back”, “I need your love”, com Ellie Goulding e “Sweet nothing”, com Florence Welch, vocalista do Florence & the Machine, ele se tornou o DJ mais bem pago do mundo.

Andre-Werneck-Superstar-DJs-Calvin-Harris

Em março de 2014, Calvin Harris lançava sua nova música, “Summer”. A música era o carro chefe de seu novo álbum de estúdio, Motion.

Em seguida, lançou “Blame”, com vocal de John Newman e na sequência veio “Outside”, mais uma vez em parceria com Ellie Goulding.

Em 2015, Calvin Harris continuava no topo das paradas e pegou carona no sucesso do Deep House para lançar “How deep is your love”, que foi Top 10 em mais de 20 países do mundo.

Tomorrowland

Aqui no Brasil o grande acontecimento do ano foi a chegada do Tomorrowland, o maior festival de música eletrônica do mundo.

A primeira edição do festival aconteceu em 2005, na Bélgica e reuniu dez mil pessoas. Em 2014 aconteceu a 10ª edição do Tomorrowland que foi realizada em dois finais de semana, com 400 mil ingressos vendidos em apenas cinco minutos.

Andre-Werneck-Superstar-DJs-Tomorrowland

O festival reúne os maiores DJs do mundo, entre eles David Guetta, Avicii, Steve Aoki, Hardwell, Afrojack, Martin Garrix, Eric Prydz e Skrillex.

Um dos maiores hits do Tomorrowland é “Tremor”, da dupla Dimitri Vegas e Like Mike, lançado em 2014.

A invasão da Deep House

A batida cada vez mais pesada da música eletrônica continuava atraindo cada vez mais fãs para os festivais enquanto o som das boates e clubs começou a mudar, ficando mais lento e com melodias mais bonitas.

A música estava ficando diferente. Na virada e 2014 para 2015 a Deep House dominou definitivamente as pistas de dança e lançou uma nova geração de artistas na cena eletrônica: Robin Schulz, Mr. Probz, Felix Jaehn, Kygo, Disclosure, Kiesza, Lost Frequencies, Major Lazer, DJ Snake, Lilly Wood, Clean Bandit e Duke Dumont.

Você pode conferir esse som em diversos episódios do meu Podcast.  >>>>> CLIQUE AQUI PARA OUVIR <<<<<

Agora é hora de baixar e ouvir os mega hits dos maiores DJs do mundo!

Aumenta o volume!

O novo episódio do meu Podcast já está te esperando com os novos hits de 2017

2017 começou quente e o novo episódio do meu Podcast tem a trilha para animar seus dias, noites, finais de semana e feriados, para curtir em casa, no carro, na piscina, na praia, na viagem, com seus amigos!

EPISODE 44 – POP DEEP DANCE

podcast-pop-deep-dance-episode-44

Você vai encontrar os novos hits de Ed Sheeran, Tiësto, Kungs, DNCE, The Chainsmokers e a dobradinha de The Weeknd & Daft Punk.

Ed Sheeran começou o ano prometendo o lançamento de duas músicas para os fãs, as faixas “Castle on the Hill” e “Shape of You”, que já ocupa a segunda posição no Hot 100 da Billboard.

Quem também lançou duas músicas de uma vez foi The Weeknd, numa parceria arrasadora com a dupla Daft Punk.

As músicas “Starboy” e “I Feel it Coming” já estão no Top 20 do Hot 100 e prometem dominar as primeiras posições muito em breve. As duas músicas são ótimas, mas “I Feel it Coming” tem um clima todo especial das canções de Michael Jackson e por isso é a minha preferida.

Depois do mega sucesso da música “This girl” (conforme escrevi em O Hit do Momento), o DJ francês Kungs correu para o estúdio e lançou seu primeiro álbum. Uma das novas músicas desse trabalho é “Don’t you know” com a participação do cantor inglês Jamie N Commons.

O sucesso de “This girl” foi realmente tão grande que até o super DJ Tiesto resolveu beber na fonte para produzir sua nova música “On my way”.

Já a banda norte-americana DNCE estourou em 2016 com a música “Cake By The Ocean” e no final do ano lançou seu primeiro álbum e “Body Moves” foi a música escolhida para o lançamento e ganhou uma versão remix de Kay Stafford, o cara que está dominando as pistas de dança.

Assim como o DNCE, a dupla The Chainsmokers emplacou diversos hits em 2016 e também está lançando seu primeiro álbum de carreira. “Paris” é a nova música de trabalho deles e também ganhou um remix de Kay Stafford.

Top Musics

Também temos a música #1 da Europa, “You don’t know me” de Jax Jones, com samples de “Body language” de M.A.N.D.Y. com Booka Shade.

Lembra? Essa música é de 2005, época que o Eletro House dominava as pistas de dança. Época boa de Tiga, Get Far, David Guetta e The Egg, Evermore, Till West & DJ Delicious, só para relembrar alguns hits da época, tocados pelos melhores DJs do Brasil e do mundo.

O Deep House nacional, ou Brazilian Bass, está muito bem representado pela dupla Elekfantz, formada pelos amigos Daniel Kuhnen e Leo Piovazani.

A música “Blush” ganhou um remix matador do super DJ Vintage Culture.

Se você ainda não ouvir falar em Alessia Cara, Hailee Steinfeld e Starley, anote esses nomes. Essas são as novas estrelas da música que prometem arrebentar em 2017! Olho nelas!

Novos nomes

Provavelmente você não conhece Niall Horan, mas com toda certeza já ouviu falar na banda dele: One Direction.

Ele é cantor, compositor, guitarrista e está arrebentando nas paradas de sucesso do mundo todo com a música “This town”, sua primeira música de trabalho em carreira solo, que ganhou um remix produzido pelo superstar Tiesto.

Voltando no tempo até 1996 para recordar “Return of the Mack”, um grande sucesso do cantor inglês Mark Morrison. Apenas um mês após o lançamento, a música já estava na primeira posição nas paradas de sucesso do Reino Unido.

Alguns meses depois, a música estourou nos Estados Unidos e alcançou a segunda posição no Hot 100 da Billboard, a maior referência da música. Vinte anos se passaram e no final de 2016 o DJ sueco Nevada lançou uma nova versão da música, com uma levada Tropical House e batizada de “The Mack”.

Que tal baixar tudo isso de presente, sem qualquer custo? Você ainda vai encontrar mais 43 episódios temáticos, para escolher e baixar quantas vezes quiser! Tá esperando o que?

Os links para download em IOS e Android estão aí.

“É a festa da música Tupiniquim que tá rolando aqui na rua Antônio Carlos Jobim, todo mundo tá presente e não tem hora pra acabar e muita gente ainda tá pra chegar”.

Como eu toquei essa música! Você lembra? “Festa da Música” é um dos maiores sucessos da carreira de Gabriel O Pensador e uma homenagem a grandes nomes da música brasileira.

Festa da Música

Aliás, essa música faz parte de Quebra Cabeça, um disco maravilhoso e lançado em 1997 que trazia outros mega hits como “2345meia78” e “Cachimbo da paz”, com participação de Lulu Santos. Não foi à toa que vendeu mais de 1 milhão e meio de cópias! Bons tempos!

Agora eu vou me inspirar na letra do Pensador para falar sobre as músicas nacionais que mais bombam as pistas das festas de casamento. Dizem que o bom DJ de festa de casamento não deve apenas tocar música boa, ele precisa fazer a pista “urrar” de felicidade com as músicas.

Eu preparei um playlist com dicas de mpb, pop, funk, sertanejo universitário e versões remixes para tentar fugir um pouco das clássicas de Tim Maia e Jorge Benjor, que sempre funcionam.

01-  DEU ONDA – MC G-15

Que tal começar com o grande hit do verão até o momento?

Essa música foi lançada no final de 2016, numa versão cheia de palavras de baixo calão e fazendo apologia à maconha. Mas o mundo do funk é assim e muitas vezes a música precisa fazer sucesso nos bailes das favelas para só depois ganhar uma versão light e tocar no rádio.

Dessa vez não foi assim. A versão original estourou de uma hora para outra e precisou da versão light para os programas de TV. O pai te ama!

 

02-  MALANDRAMENTE – DENNIS DJ E MCS NANDINHO E NEGO BAM 

Outro sucesso dos bailes que ganhou uma versão light para tocar (muito) no rádio.

Na hora que a música toca, todo mundo corre para a pista e se acaba de dançar. Mas a letra relata a triste realidade das meninas “inocentes” do morro que se envolvem com a “tropa” toda para se divertir.

Produção assinada por Dennis DJ, o novo rei do funk e um dos melhores DJs do Brasil.

03-  SIM OU NÃO – ANITTA E MALUMA 

Na onda do Reggaeton, Anitta se juntou ao cantor colombiano Maluma, um dos principais nomes do estilo.

A música estourou de verdade e faz parte do repertório dos principais DJs de festas de casamento.

Maluma também está fazendo muito sucesso com “Chantaje”, dueto com Shakira.

04-  ORAÇÃO – A BANDA MAIS BONITA DA CIDADE 

Um dos maiores hits das festas de casamento em 2016!

A música foi lançada em 2011 e fez muito sucesso por causa do videoclipe inovador, na época, com apenas uma tomada de câmera. O super DJ e produtor Deeplick era amigo do pessoal da banda e fez um remix da música num clima meio indie rock e dançante.

Aos poucos os DJs começaram a tocar, a música foi caindo no gosto do público e acabou explodindo na festa Gambiarra. De lá para as pistas das festas de casamento foi um pulo!

Escolha o remix do Deeplick, JetLeg ou Vintage Culture & Cat Dealers, aperte e play e solte a voz: “Meu amor, essa é a última oração, pra salvar seu coração!”

 

(JetLeg)

(Vintage Culture & Cat Dealers)

05-  TREM-BALA – ANA VILELA 

https://www.youtube.com/watch?v=U5RQ2y_3Opw

Essa é uma daquelas músicas que as mulheres adoram! Melodia gostosa e um “lá lá lá” pra cantar feliz.

A artista gravou essa música e mandou para seus amigos, que compartilharam com outros amigos e assim a música começou a fazer sucesso até chegar no celular da super modelo Gisele Bundchen, que gravou e postou sua versão acústica nas redes sociais.

A versão remix do JetLeg é perfeita para tocar nas festas de casamento! Já conhece?

 

06-  MAIS NINGUÉM – BANDA DO MAR 

Essa música não é nova, foi lançada em 2014, mas é outra daquelas músicas que as mulheres adoram!

A formação da banda indicava um som mais alternativo, com Marcelo Camelo, dos Los Hermanos, Mallu Magalhães e Fred Ferreira. Mais uma letra perfeita para festas de casamento: “Mesmo que não venha mais ninguém, ficamos só eu e você, fazemos a festa!”. Ouça e confira!

07-  MINHA FELICIDADE – ROBERTA CAMPOS

Tema da novela Sol Nascente, da Globo, essa música não é dançante e ainda não ganhou uma versão remix matadora para os DJs tocarem nas festas de casamento, mas espero que muito em breve alguém faça esse trabalho.

A letra tem tudo a ver a com a história de muitos casais e tem tudo para virar um grande sucesso nas festas de casamento.

Eu vejo nessa música um potencial muito forte, como “Ai ai ai” da Vanessa da Mata antes de ganhar o super remix do Deeplick para explodir em todo o país.

 

08-  SIMONE E SIMARIA & ANITA – LOKA

A dupla que mistura música sertaneja e forró se juntou com Anitta e lançou “Loka”.

A música tem uma pegada pop, na onda do Reggaeton e deve fazer muito sucesso até invadir as festas de casamento. “Aproveitar a noite e ficar louca!”. Vale a pena conferir!

 

09-  VOCÊ PARTIU MEU CORAÇÃO – NEGO DO BOREL, ANITTA E WESLEY SAFADÃO

Mais uma de Anitta que promete virar um dos grandes hits do verão 2017! A mistura do funk com o sertanejo universitário ganhou uma levada pop com clima de Reggaeton (mais uma vez).

10-  10% – MAIARA E MARAISA

Mais uma dupla sertaneja formada por mulheres. Dessa vez, as irmãs gêmeas Maiara e Maraísa. Depois de escrever sucessos para Jorge & Mateus, Henrique & Juliano e Cristiano Araújo, chegou a vez delas fazerem muito sucesso com diversas músicas, incluindo “Medo bobo” e “10%”, que virou um dos grandes sucessos das festas de casamento.

11-  FELICIDADE – SEU JORGE 

Essa música foi lançada em 2015 e tinha tudo para virar um dos grandes hinos das festas de casamento.

Faltou uma versão remix para fazer a música explodir de verdade nas pistas, mesmo assim eu adoro essa música e o clima alto astral.

“Felicidade é viver na sua companhia. Felicidade é estar contigo todo dia. Felicidade é sentir que eu tenho o seu amor”.

12-  DAS MARAVILHAS DO MAR FEZ-SE O ESPLENDOR DE UMA NOITE – MONOBLOCO  

Como dizem que tudo termina em samba, acabei deixando para o final uma regravação especial do Monobloco para um samba enredo clássico da Portela, de 1981. “Deixa me encantar com tudo teu e revelar, la, ra, ra!”.

O Monobloco regravou alguns sambas maravilhosos, como “É hoje”, “Vou festejar” e “Peguei um ita no norte”, que fazem muito sucesso nas festas de casamento. Mas, eu gosto muito dessa versão que, além de tudo, é pouco usada pelos DJs.

Gostou? Você pode comentar e mandar as suas dicas, que serão muito bem-vindas!

Você vai ficar por dentro das últimas tendências das festas de casamento para 2017!

TENDÊNCIAS 2017

A crise de 2016 era uma “marolinha” que virou uma grande onda de recessão que atingiu todos os segmentos da economia brasileira. Ninguém escapou.

Mas o ano passou, 2017 chegou e agora todos os profissionais do mercado de casamentos esperam que os fatos se invertam e essa onda vire uma marolinha de verdade.

A cada ano, novas tendências chegam ao mercado de casamentos, seja na escolha do local, na decoração, na coleção dos estilistas, na mesa de doces, no bolo, na música da festa etc.

Nem todas as tendências globais chegam no Brasil, ou em todas as regiões do país.

Muitas vezes elas podem chegar por aqui depois de ter virado uma grande moda “lá fora”. Por isso eu conversei com alguns profissionais de diferentes áreas para tentar antecipar as tendências de 2017.

Vamos começar pelo início de tudo, a escolha do local.

Com a redução do orçamento para a realização do casamento dos sonhos, houve uma redução natural na estrutura das festas. Eventos que inicialmente seriam para 400 convidados, viraram eventos para 200… 250 convidados.

E clientes que antes trabalhavam com um orçamento “sem limite” hoje passam a estabelecer um teto máximo de gastos.

Mas não podemos confundir miniwedding com mini orçamento! O conceito do miniwedding é receber apenas os amigos mais queridos com mais atenção, mais qualidade e sofisticação.

Aqui no Brasil, infelizmente, miniwedding virou sinônimo de mini orçamento.

Fabiano Niederauer, diretor da 3R Studio, escreveu na carta do editor da revista Inesquecível Casamento:

“meu conselho os noivos que querem economizar é restringir a lista de convidados e priorizar as preferências: se gostam de música, invistam nesse item. Se valorizam a comida ou a foto, gaste a maior parte da verba com o que fará o coração de vocês vibrarem. Esses são os pilares da festa! Fato é que, o bom cerimonialista é um grande maestro para balizar as prioridades dos noivos e minimizar custos extras fazendo um bom planejamento”.

Dito isso, é hora de saber a opinião da Manuella Gonçalez, uma das melhores cerimonialistas do Rio de Janeiro.

Perguntei a ela quais serão as tendências para 2017 e adorei a resposta!

“Procuro sempre passar para os meus clientes que a tendência do casamento deles deve ser ELES MESMOS, independente de modismos e grifes. Meus clientes querem algo íntimo, mesmo que seja para 250 pessoas”.

Manuella disse que de uma maneira geral seus clientes buscam exclusividade em cada detalhe e querem fugir um pouco do que o mercado julga como “certo”.

Eles buscam cenários únicos, dentro do orçamento de cada um. A maioria que fugir daquele local que cobra “os olhos da cara” e algumas não fornecem nem a luz para o cliente usar na montagem ou desmontagem da estrutura.

No bate-papo, surgiu naturalmente uma tendência de mercado:

“meus clientes gostam daquele clima de recebendo em casa como se estivessem na própria casa, com o direito de contratar quem quiser. Nada de fornecedores presos, pacotes ou ambiente marcado”.

Concordo e adoro essa dica, porque costumo trabalhar em vários locais que obrigam o cliente a contratar um determinado serviço. Outro ponto muito bacana do nosso papo foi a sua busca incessante por casas exclusivas que permitam que os noivos escolham estilo, orçamento e tempo de festa.

“O cliente cansou! Ele quer liberdade! Quer apresentar algo diferente para o seu convidado, algo seu e não mais uma festa naquela mesma casa famosa que só troca a cor das flores, a cadeira e a mesa de lugar. A contratação dos fornecedores está cada vez menos emoção e mais razão. Os noivos estão cada vez mais pagando o casamento do seu próprio bolso, hoje percebemos também o aumento do segundo casamento (quando não existe mais aquela idéia de ter um “sonho de princesa” e sim um grande encontro para celebrar o amor entre família e amigos), muitos já moram juntos há alguns anos, já tem contas a pagar todo mês. Por isso, sabem o valor do seu próprio dinheiro e quanto custa ganhá-lo!”.

Manuella lembra que o perfil das noivas mudou. Hoje elas pesquisam muito, avaliam, querem se identificar muito com o fornecedor antes de assinar o contrato.

O cliente hoje entende que precisa escolher, que não dá mais para investir alto em todos os itens quando a ordem mundial é economizar. Por vezes, este é o grande desafio do cerimonialista: auxiliar este cliente na distribuição do seu orçamento depois que ele define o que é prioritário.

“Já tive uma cliente que desejava gastar mais de 60% do budget em decoração, em detrimento de todos os outros serviços. Para essa noiva, era mais importante a parte estética, o “impressionar visualmente os convidados” e guardar aquela sensação de mundo encantado com ela, do que o nível do buffet. Nosso trabalho nunca foi tão importante quanto neste momento do país: nós estamos ao lado do cliente para que ao final do planejamento ele tenha um evento com unidade, e não um evento de extremos. O lema do momento é: PRIORIZAR – quem você é, quanto você pode gastar, e o que você realmente deseja levar do seu grande dia.”

Dicas valiosas! Eu gosto muito do trabalho da Manuella exatamente por isso, por essa busca pelo diferencial.
Manu-instagram

E a roupa dos noivos, como fica?

Para os homens, o terno azul virou, definitivamente, uma moda em 2016 e segue como tendência para 2017. Eles chegaram para dominar contando com a ajuda do número crescente de casamentos diurnos, realizados na praia e no campo.

O terno tradicional acabou aposentado pelo azul intermediário, um tom entre o azul marinho e o azul mais claro. Mas, atenção para um detalhe importante: terno azul combina mais com sapato marrom!

E para as noivas? Qual a tendência para 2017?

Segundo postou Constance Zahn, a principal bridal blogger do país, a tendência dos vestidos de noiva em 2016 sugeria algo clean, sem muitos detalhes, porém superchique.

A tendência para 2017 muda um pouco. Uma das principais tendências no lançamento das últimas coleções de vestidos de noiva são as aplicações de flores 3D. Elas podem ser grandes ou pequenas, com ou sem brilho, mas esses detalhes trazem um toque todo romântico ao vestido.

Marchesa-vestido-de-noiva-2017

A estilista Vera Wang esse ano não apresentou sua coleção de maneira tradicional e trocou o tradicional desfile em seu ateliê por um filme espetacular com suas criações.

São vestidos cheios de tule, rendas e organza, com bordados de pérolas e flores.

Hora de adoçar a boca com as tendências para 2017!

Doces de Nutella e Leite Ninho devem invadir as festas de casamento! São dois ingredientes deliciosos e que agradam todos os convidados.

A aposta do creme de avelã demorou um pouco devido ao preço elevado, mas as novas receitas, inclusive misturando Nutella com Leite Ninho, fizeram muitas doceiras apostarem na dupla. Até as recitas tradicionais estão ganhando uma nova versão com Nutella.

nutella

Como falar de festa de casamento sem falar do tradicional bolo dos noivos?

Bati um papo com Betah Nahuz, mais conhecida pelos Bolos da Betah.

Para quem não conhece, ela se dedica a criações exclusivas e deliciosas e representa uma tradição familiar de longa data, aonde a receita tradicional familiar é passada para apenas uma mulher de cada geração e ela representa a quarta geração da família!

Perguntei para ela sobre uma história que ouvi sobre comidas e bolos caseiros nas festas de casamento, como bolo de cenoura, fubá e formigueiro. Ela sorriu e respondeu:

“Se dizem que existe uma tendência de bolos caseiros, eu fico feliz porque isso faz parte da minha essência, da minha origem”.

Sobre tendências, ela disse que tem uma referência mais americana e australiana e uma moda pode demorar de um a dois anos para virar tendência em cidades como o Rio de Janeiro.

Em São Paulo é um pouco diferente, pois o estilo da cidade, que lembra um pouco Nova Iorque, é mais aberta a receber novidades e tendências.

Betah percebeu que no mercado do Rio, muita gente fazia o bolo tradicional com massa branca, chocolate e nozes, os clássicos. Foi quando ela entrou com uma pegada diferente, mais natural e apresentando os sabores desde o início.

“A gente serve a massa de nozes branca tradicional, tem vanila – que é feita com a verdadeira baunilha de Madagascar, a africana mesmo! Depois vem os outros: laranja, limão siciliano e agora estou lançando lima da Pérsia, todos feitos com sumo e raspa das frutas; tem de nozes – a mais pedida nos casamentos, feita com nozes moída – e lavanda, que é feita com florzinha de lavanda francesa. Essa é a minha linha branca. A maior parte dos bolos tem uma linha caseira. A nossa receita é muito tradicional, o bolo é “das antigas”, batido a mão, não leva leite mas é todo artesanal, que é um diferencial da marca e do nosso estilo”.

Betah acha que uma forte tendência é cada vez personalizar mais os bolos.

“Como gosto é uma coisa muito eclética, quanto mais variedade de sabores para o cliente e principalmente uma forma de fazer mais artesanal e mais personalizada, é mais bacana!”.

bolo-da-Betah

Sobre tendência de decoração de bolos, ela aposta que o bolo naked cake tradicional, só com recheio, vai perder um pouco a força e espaço para o semi naked cake, que é revestido com creme branco mas algumas pessoas usam butter cream e outras criam cremes específicos.

É um bolo espatulado e decorado para ficar com cara de “sem acabamento”. Para os casamentos mais luxuosos, Betha aposta numa nova tendência.

“Eu acho que bolos com detalhes em ouro comestível de 23 quilates vão entrar com força no mercado de luxo. Usei no meu aniversário, no ano passado, e foi um sucesso!”.

Outra tendência para 2017 é o bolo de rolo para casamentos. Uma história que começou com os portugueses no estado de Pernambuco. A receita original era de pão de ló com recheio de nozes mas o tempo passou e a goiabada passou a fazer parte da receita.

Quando vira bolo de casamento, a goiabada pode ser substituída pelos mais variados recheios, como chocolate, doce de leite, nozes, amêndoas, maracujá etc.

Por enquanto ainda é uma alternativa original mas que pode fazer sucesso ao longo do ano.

Outra que promete fazer sucesso chegou no Brasil há alguns anos e vem ganhando força nos últimos anos. Dizem que tudo começou na Austrália, em 2012 e dois anos depois chegou por aqui, o trio de bolos.

A idéia é usar três bolos menores que devem combinar com a decoração do evento e também entre si. Essa é a proposta, decorar a festa e embelezar ainda mais a mesa de doces.

Esses “bolinhos” são delicados e finos, algumas vezes altos e normalmente com sabores diferentes. Nada melhor para uma noiva indecisa, concorda?

Na área de decoração

Também bati um papo com a decoradora Eugenia Guerrera, conhecida por seu bom gosto e talento para criar projetos chiques e exclusivos.

Na opinião de Eugênia duas tendências prometem fazer sucesso em 2017: cinza no mobiliário e arranjos com um único tipo de flor. Mas ela deixa claro que algumas noivas mais modernas gostam de arranjos que misturam flores, cores e outros elementos, como frutas. Sobre a cor cinza, ela completa:

“Sempre aposto no cinza, independente da estação. Ele combina com qualquer outra cor, seja ela quente ou fria”.

Outra moda que começou em 2016 mas que promete virar tendência em 2017 são as lâmpadas decorativas com filamento de carbono, com visual vintage e inspirado nas primeiras lâmpadas de Thomas Edison. Elas podem ser encontradas em diferentes formatos e ficam lindas em arranjos aéreos.

casamento-Buzios-tendencias-para-casamentos-2017

Foto Marina Favo

Agora é hora de dançar!

Por fim, mas nunca por último, chegou a hora de falar sobre a música da festa! Eu gosto muito de conversar e trocar idéias com um super DJ de Curitiba e amigo de longa data, o Roberto Rego.

Segundo Roberto, uma das principais tendências para 2017 será a mudança no perfil dos convidados. Roberto acha que os noivos estão tendo cada vez mais espaço na festa e se envolvendo com todos os detalhes.

“Antigamente as festas de 600 convidados normalmente eram divididas assim: grande parte dos convidados da idade dos pais e a outra parte era da idade do casal. Os pais opinavam e participavam da escolha de boa parte do repertório. Hoje, a festa de 600 convidados virou 450, sendo 300 convidados da idade dos noivos e no máximo 150 da idade dos pais. Ou seja, a programação musical também foi alterada devido a esse novo perfil dos convidados”.

Por isso, Roberto aposta em músicas atuais com alguma levada mais antiga ou regravações com sonoridade atual. Um bom exemplo seria “Burning” a nova música do super DJ francês Bob Sinclar que usa trechos de “Don’t leave me this way”, um clássico da disco music.

Eu concordo inteiramente com a opinião do Roberto Rego! O som das festas de casamento já vinha mudando, ficando cada vez mais atual, mas houve uma aceleração brusca com o surgimento desse novo perfil no planejamento das festas de casamento.

Os noivos querem dançar muito, querem aproveitar cada minuto com os amigos na pista de dança, querem dançar até o limite do horário permitido, querem sair suados e acabados da festa!

Tudo passou a acontecer na pista de dança, ou em volta da pista de dança.

Com isso, finalmente os DJs estão conseguindo ser posicionado de frente para a pista de dança, a própria pista de dança está sendo cuidadosamente posicionada no projeto de decoração e ganhando uma estrutura de luz espetacular, o bar de drinks passou a ser fundamental na festa e costuma ser posicionado próximo à pista de dança, as deliciosas comidinhas da madrugada são servidas em pequenas porções e na pista de dança, para turbinar ainda mais a animação dos convidados sem precisar sair da pista de dança.

Quem não gosta de mini milk shake, hamburger, batata frita ou misto quente?

comidinha-da-madrugada-casamentos

Tudo está mudando e sendo pensado para criar uma atmosfera cada vez mais de “balada” na festa. A palavra de ordem é dançar muito, como se não houvesse amanhã! Essa é a grande tendência das festas de casamento atualmente!

 

Leia Também: